Governo estuda fim de adicional, e tarifa de embarque internacional pode ficar mais barata
  • Joalisson Costa

Governo estuda fim de adicional, e tarifa de embarque internacional pode ficar mais barata

Atualizado: 2 de Set de 2019

O governo federal planeja acabar com uma taxa cobrada há 20 anos de passageiros brasileiros que voam para fora do país


Foto: André Natale

De acordo com o secretário nacional de Aviação Civil, Ronei Glanzmann, a medida pode entrar em vigor já em setembro e deve baratear as viagens internacionais e, ainda, contribuir para atrair novas empresas aéreas para o Brasil.


A taxa é uma cobrança adicional feita junto com a tarifa de embarque em voos internacionais nos principais aeroportos do país e equivale a US$ 18.

Na prática, a extinção dessa taxa pode fazer com que a tarifa tenha o preço reduzido à metade.


Atualmente, o adicional é uma das fontes de abastecimento do Fundo Nacional de Aviação Civil (FNAC), criado em 2011 para financiar melhorias na infraestrutura aeroportuária.

Em 2017, o adicional rendeu R$ 564,7 milhões ao FNAC e, em 2018, R$ 704,5 milhões. Neste ano, até julho, já foram arrecadados R$ 403,8 milhões.



"Isso vai desonerar o setor e pode acontecer já em setembro, antes das vendas de passagens para a alta temporada”, disse Glanzmann.


A medida está em discussão no Ministério da Economia. De acordo com o secretário, o governo ainda precisa definir como vai compensar a perda da arrecadação com a extinção do adicional.



Fonte : G1


122 visualizações